TERAPIA ABA

A terapia ABA trabalha com reforços dos comportamentos positivos. Envolve o ensino intensivo e individualizado das habilidades necessárias para que a criança autista possa adquirir independência e a melhor qualidade de vida possível. 

A terapia ABA consiste no ensino intensivo das habilidades necessárias para que o indivíduo diagnosticado com autismo ou transtornos invasivos do desenvolvimento se torne independente. O tratamento baseia-se em anos de pesquisa na área da aprendizagem e é hoje considerado como o mais eficaz.

MITOS DA TERAPIA ABA

A Terapia ABA não é uma forma de terapia cientificamente comprovada para TEA.

Atualmente, a evidência científica do uso da Terapia ABA é inegável. A Análise do Comportamento Aplicada (ABA) é considerada uma prática baseada em evidências e há inúmeros artigos publicados em periódicos científicos comprovando sua efetividade. 

A terapia ABA é um tratamento novo para TEA.

Os fundamentos dos princípios da Terapia ABA podem ser rastreados até o final de década de 50 e início da década de 60. Após Skinner promover a Análise do comportamento, os primeiros estudos com indivíduos com TEA ocorreram na década de 60, havendo grande expansão a partir do trabalho de Ivaar Lovaas na década de 70. 

Todos os programas ABA são iguais.

A intervenção em Terapia ABA é individualizada. Antes de implementar um programa ABA, o terapeuta precisa avaliar o repertório inicial da criança, conhecer suas preferências e necessidade, além da situação e prioridades da família. 

A Terapia ABA é composta somente por tarefas de mesinha.

Pessoas que não estão familiarizadas com a Terapia ABA comumente confundem a intervenção com o Treino por Tentativas Discretas (DTT ). O DTT é uma estratégia de ensino estruturada usada na Terapia ABA, a qual envolve instrução de um para um (um terapeuta para cada criança), comumente na mesa. No entanto, DTT é apenas uma dentre as diversas estratégias e métodos de ensino utilizados numa intervenção ABA.

A Terapia ABA é apenas para crianças com TEA.

Embora tenha sido altamente eficaz para intervenção precoce ao TEA, a Terapia ABA foi utilizada para todos os tipos de comportamentos de indivíduos no mundo inteiro. As intervenções em ABA são responsáveis por mudanças de comportamento socialmente relevantes, como habilidades de comunicação, sociais, acadêmicas, motoras, habilidades adaptativas de vida, de trabalho, etc.

ANALISTA DO COMPORTAMENTO

A Análise do Comportamento tem como objetivos analisar a relação que os comportamentos do paciente têm com o ambiente em que vive.

 

Ajudá-lo a discriminar quais comportamentos estão sendo mais ou menos adaptativos, a partir da discriminação das consequências reais destes comportamentos e da função deles em sua vida.

O objetivo da terapia é torná-lo capaz de manter comportamentos mais saudáveis, que lhe tragam menos sofrimento e mais reforçadores positivos naturais. O papel do analista do comportamento é buscar a melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Saiba mais...

O que é o método ABA?
Meu filho tem Autismo! E agora?
Bebês com sinais de Autismo
Quer se aprofundar? 
Baixe  gratuitamente clicando 
no livro abaixo:
LIVRO AUTISMO.png

Contato

Segunda a Sexta-feira das 8h00 às 19h00

Sábado das 9h00 às 14h00

Rua da Saudade, 219 e 198  Tatuapé - São Paulo/SP - CEP 03323-050

(11) 2671-1747

       2096-4938

(11) 9 9486-0408

Localização

Links

Clique nas nossas redes sociais

1.jpg
2.jpg
@2016 - Todos os direitos reservados
whats.png