Dieta de glúten e Autismo

Atualizado: Set 14


Será que a dieta de glúten ajuda no tratamento do Transtorno do Espectro Autista TEA?

Muitas vezes já ouvi alguém falar: "retira o glúten que melhora a irritabilidade" ou alguns comportamentos desajustados. Será que realmente funciona?

Não há nenhum estudo científico concluído até o momento que comprova os benefícios da dieta sem o glúten.

Porém, o TEA têm alta incidência com doenças gastrointestinais, como por exemplo a doença Celíaca, que, neste caso, há necessidade de retirada do glúten da dieta para tratamento da doença gastrointestinal, mas não do TEA.

Mas é importante salientar que a retirada do glúten acaba interferindo na relação social, devido às restrições dietéticas. Pense por exemplo, em uma festinha de aniversário em que a criança com TEA já tem dificuldades de interação social, ela também acabará tendo que evitar alguns alimentos que estão presentes na festa.

Saliento que, ainda não há evidencias sobre algumas terapias alternativas, e que as terapias mais recomendadas são a da linha Comportamental ou Cognitivo Comportamental, que ajudam a criança a desenvolver estratégias para lidar com as questões da vida e melhorar comportamentos.

Não há cura para o Autismo, porém temos maneiras de dar qualidade de vida para as pessoas com o TEA.

Compartilhe, curta e siga-nos nas redes sociais.

Alessandra Bizeli Oliveira Sartori

Coordenara Clínica SabiaMente

Pedagoga - Unopar

Psicopedagoga - Unifev

Mestre em saúde da criança e do adolescente - UNICAMP

Especialista em Reabilitação Neuropsicológica - IPAF

Mediadora de Pei (Programa de Enriquecimento Instrumental) pelo International Institute for the Enhancement of Learning Potential de Feuerstein (Israel)

Extensão em Psicanálise

Docente de cursos de pós-graduação

#TEA #autismo #transtorno

108 visualizações
whats.png