Alfabetização para crianças com dificuldades

Atualizado: há 6 dias



É bastante preocupante para a família, escola e professores quando os alunos não acompanham as expectativas de aprendizagem de acordo com o ano em que se está estudando. Este fato pode gerar muitos questionamentos e tentativas para achar a melhor forma de ajudar e compreender o que se passa.

Desta maneira, a escola pensa em atitudes que podem ser tomadas frente a estas situações: Quanto se pode exigir da família e do aluno e quais as implicações que se dariam frente a isso? Quais acompanhamentos seriam necessários para cada caso em específico?

Apesar do acompanhamento especializado ser de suma importância para se chegar a um diagnóstico e compreensão dos mecanismos que levaram a essa dificuldade, os professores (as escolas) também podem adquirir estratégias que favoreçam o processo de aprendizagem desses estudantes, tendo em vista que cada aluno tem uma forma de aprender, portanto é importante ser feito um trabalho diferenciado de acordo com as necessidades.

A oficina proposta pela clínica SabiaMente abordará o funcionamento cerebral e suas implicações na aprendizagem da leitura e escrita e como oferecer meios de intervir no aprendizado de crianças com dificuldades e Dislexia.

Tendo em vista que muitas vezes os professores (ou escolas) carecem de conhecimentos práticos em como se trabalhar com estudantes que apresentam dificuldades. Desta maneira, será abordado também os principais métodos utilizados na alfabetização e dicas de como os professores podem auxiliar esses alunos dentro da sala de aula.

Para atingir o objetivo proposto da oficina serão abordados os seguintes temas:

- Mecanismos neurobiológicos envolvidos na leitura e escrita. Como o cérebro aprende?

- Principais métodos de alfabetização

- Dificuldade em leitura e escrita x Dislexia

- Crianças que não acompanham a sala de aula. O que fazer?

- Jogos para alfabetizar crianças com dificuldades em leitura e escrita

A oficina espera contribuir para facilitar o trabalho do docente em sala de aula, garantindo a educação a esses alunos para que possam aprender igualmente com a sala, sendo atendidos em suas necessidades de maneira diferenciada.

Desta forma, os estudantes se sentirão mais integrados ao grupo e até mesmo socialmente, já que muitas vezes essas dificuldades acarretam também problemas de socialização.

Os profissionais compreendem os desafios ao qual enfrentarão, porém o sentimento de poder possibilitar a todos seus educandos o direito de se tornarem cidadãos é gratificante. E esse desafio se tornará aprendizado, e cada vez mais serão profissionais diferenciados dentro do mercado de trabalho.

#professor #curso #escola #aluno #educação

74 visualizações
whats.png