Brigar na frente dos filhos. Qual a consequência?

Atualizado: Set 14


Qual casal nunca brigou, nem passou por momentos de crises? A vida a dois nem sempre é fácil, e algumas vezes acontecem divergências em relação a alguns assuntos, mas e quando se tem filhos, como lidar com esses momentos de discussões?

Muitos pais brigam e discutem na frente de seus filhos e pensam que a criança por ser pequena não irá entender nem ligará para a situação, porém não é isso que acontece.

Crianças com idade menor de 7 anos, quando presenciam a briga dos pais, não entendem o motivo da discussão, porém percebem o clima pesado e sabem que tem algo de errado. Eles entendem que os pais não estão felizes, porém, se durante a discussão ocorrer alguma risada irônica, a criança se sente confusa, pois ela não identifica a ironia.

Crianças pequenas são egocêntricas e acreditam que tudo acontecem por causa delas, então se os pais estão brigando a criança se sente culpada por aquilo e isso gera insegurança.

Quando a criança já está um pouco maior, as brigas dos pais provocam medo, pois eles ficam com medo de que a briga gere separação entre o casal, imaginando a perda e separação dela e dos pais, o que também gera angústia.

As crianças tendem a copiar o comportamento dos pais, e se crescem presenciando brigas ela poderá repetir o comportamento agressivo em outros ambientes, bem como na vida adulta.

É importante que os pais evitem discussões mais pesadas na frente da criança, mas expliquem para ela que opiniões diferentes existem, porém que sempre deve haver o respeito. Se o casal não conseguir ter esse controle entre os dois e ficarem buscando quem será o vencedor na briga, é aconselhado que busquem a ajuda de um profissional para ajuda-los a resolver os conflitos existentes entre eles para não prejudicarem seus filhos.

#educação #pais #paiefilho #mãeefilho #mãe

161 visualizações
whats.png