Vamos falar sobre Bullying

Atualizado: Set 15


Caracteriza-se por comportamento desajustado, com agressões físicas ou psicológicas.

Estudos científicos apontam que ⅓ dos alunos estão envolvidos com bullying, sendo,como agressor, alvo ou testemunha, de todas as classes e níveis sociais e em todos os tipos de escola.

Quais as pessoas mais vulneráveis? Quem são os personagens envolvidos?

Autor ou agressor = pessoas que apresentam comportamento desajustado.

Acreditam na sua superioridade em relação aos demais, na impunidade de seus atos, se encorajam ainda mais na presença de seu grupo.

Alvo: Crianças e adolescentes tem um perfil semelhante a estas características:tímidos ou retraídos, tem poucos amigos, dificuldade ou incapacidade de defender-se para pedir ajuda, não se destacam nos estudos ou nos esportes. O autor ataca a criança que tem esse perfil, pois geralmente não é denunciado.

Testemunha: Toda comunidade escolar que presencie os atos

É necessário trabalhar a prevenção


Muitas crianças e adolescentes aprendem o comportamento agressivo vendo os pais que costumam ser agressivos, negligentes e violentos. Em casa, pais negam ou são coniventes com os atos agressivos de seus filhos.

Educadores, prestem atenção, na grande maioria dos casos, as crianças e adolescentes que cometem o bullying podem ser vítimas de uma família desestruturada ou de transtornos psicológicos. Na verdade eles também precisam de ajuda.

Mas como ajudá-las?

Programas antibullying são muito eficientes para conscientizar. Muitas vezes, o agressor ou autor não passa de uma pessoa vulnerável e que usa o bulling para "disfarçar" sua fragilidade interna. Ou passam por situações agressivas no lar e precisam descontar erradamente esta agressividade em pessoas mais frágeis e que não oferecem riscos, pois se ela for de "rebelar" em casa poderá ter consequências ruins por parte dos pais.

O encaminhamento para uma avaliação psicológica é importante, pois o psicólogo irá identificar as causas e extinguir o comportamento que não é funcional.

Alessandra Bizeli Oliveira Sartori

Coordenara Clínica SabiaMente

Pedagoga - Unopar

Psicopedagoga - Unifev

Mestre em saúde da criança e do adolescente - UNICAMP

Especialista em Reabilitação Neuropsicológica - IPAF

Mediadora de Pei (Programa de Enriquecimento Instrumental) pelo International Institute for the Enhancement of Learning Potential de Feuerstein (Israel)

Extensão em Psicanálise

Docente de cursos de pós-graduação

#Bullying #agressividade #agressão #escola #educação #depressão #obesidade #criança #adolescente #fobia

32 visualizações
whats.png